Qual o salário do pecado?

Todos nós estamos preparados para fazermos tudo o que pudermos fazer que nos dê satisfação, não é verdade?

Muitas das coisas não nos custam nada. Se pararmos e pensarmos para estas coisas não damos, na maioria das vezes, nenhum valor.

Para as coisas terem valor e preciso que paguemos por ela.

Você pode constatar. Quantas vezes procuram ajudar pessoas dando a elas uma roupa, um objeto qualquer que você não usa mais. Mais tarde, muitas vezes encontramos o que demos jogados no lixo ou no corpo de outras pessoas.

Quanta são as pessoas que pagam muito caro para obter alguma coisa que lhes dá prazer. Uma viagem, um passeio, uma televisão, um carros, uma roupa ou qualquer outra coisa que nos dá prazer.

Assim é a vida. Tudo o que queremos temos que pagar o seu devido preço. Nada é gratuito, tudo têm um valor. E nós pagamos.

Em Romanos 3:23 diz: “ Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus.”. Inclusive para o pecado que cometemos, muitas vezes deliberadamente, tem um preço. A bíblia também em Romanos 6:23 diz: Pois o salário do pecado é a morte...

Paulo diz aos romanos que todos pecamos, não há quem não cometa pecados. Quer por pensamento, obras, atitudes. Todos pecamos.

Fala também, que o salário, o preço desse pecado é o afastamento de Deus. Deus na sua santidade não pode co-existir com o pecado, por isso quando pecamos estamos distante da presença do Senhor, por isso, por causa do pecado, nossa consciência nos acusa, nos incomoda, na maioria das vezes não conseguimos encarar pessoas próximas, pessoas que amamos, e muitas vezes também fugimos da presença de Deus de nossas responsabilidades, por exemplos, que temos na igreja.

Então de qual forma podemos resgatar a nossa paz, alegria tirada da nossa vida pelo pecado?

Paulo também fala sobre isto aos romanos. No livro de Paulo aos Romanos 5:12 diz: O pecado entrou no mundo por meio de um só homem, e o seu pecado trouxe consigo a morte. Como resultado, a morte se espalhou por toda a raça humana porque todos pecaram. E somente através do sacrifício de outro homem isto poderia acontecer. E Deus providenciou na pessoa de seu filho Jesus Cristo esta possibilidade. Em Cristo temos resgatadas a paz e alegria de viver.

Na primeira epístola de João diz: Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade.

O primeiro caminhos para resolvermos os problemas advindo do pecado é confessarmos este pecado a Deus. Vamos perceber quando o pecado cometido foi contra o nosso próximo que a nossa consciência ainda estará a nos acusar até que passamos perdão a quem nós pecamos.

Jesus Cristo no livro de Mateus 5:23 diz: Portanto, se você estiver oferecendo no altar a sua oferta a Deus e lembrar que o seu irmão tem alguma queixa contra você, 24 - deixe a sua oferta ali, na frente do altar, e vá logo fazer as pazes com o seu irmão. Depois volte e ofereça a sua oferta a Deus.

Quantas não são as vezes que nos sentimos mal quando entramos na casa do Senhor para adorá-lo? Quantas não são as vezes que sentimos que o nosso trabalho no Reino de Deus, não desenvolve a contento, não atinge os objetivos programados? Bom, pode ser que deixamos para trás esta orientação de Jesus Cristo, não deixamos no altar nossas ofertas, insistimos em continuar sem voltamos para reconciliarmos com alguém por quem cometemos pecado.

Como dissemos no inicio o preço a pagar pelo pecado que cometemos tem um alto preço. Mas, pela graça de Deus, por seu grande amor alguém já pagou este preço por nós, Jesus Cristo.

Sim Ele pagou o preço, mas cabe a cada um de nós fazermos a nossa parte, entregando a nossa vida a Deus, confiando Nele, assim todo o mais Ele fará por nós.

Deus nos abençoe.

Presbo. WagnerJCosta